fbpx

Conheça um pouco mais sobre os serviços que o Grupo CPS Auto oferece.

Reparo de módulos

Através do remap conseguimos extrair o máximo de potência do conjunto do veículo aumentando sua potência e torque. Disponível também remap para câmbio e pops and bangs.

A reprogramação de centrais consiste em alterar parâmetros de funcionamento do veiculo, otimizando alguns aspectos, como o ponto de ignição, que e algo fundamental para o bom desempenho e funcionamento do veiculo, altera a quantidade de combustível que e injetada para a combustão, e nos carros turbo alimentados, pode ser alterado a pressão de trabalho da turbina, que gera uma quantidade interessante de cavalos nos turbos!

O remap Feito por nós, pode ser feito no carro totalmente original, sem nenhuma modificação, de escape, ou motor, ele é feito diretamente na ECU do veiculo (Central ou Módulo de injeção também são nomes populares da ECU (Electronic Control Unit) Unidade de Controle Eletrônico).Nosso remap extrai uma quantidade considerável de potência e torque do carro e principalmente dentro dos limites de segurança, fazemos serviços visando a segurança e conforto dos nossos clientes.

Muitos softwares de veículos são projetados em outros países ou continentes, ou seja, eles estão preparados para receber um combustível específico, não o nosso diretamente, e com o remap é possível ajustar isso para a utilização no nosso combustível, através de mudanças feitas na estrutura do mapa.

 Há risco de perda da garantia do veículo, devido ao fato de ser automaticamente detectada durante atualizações periódicas de software durante as revisões, podendo por este motivo ser utilizado como argumento para a negação da garantia do conjunto por parte do fabricante.

Dentre os tipos de reprogramação de central, temos:

 

Reprogramação via Boot

 

Este tipo de reprogramação apesar de ser o menos apreciado pela comunidade dos chip tunners , por muitas vezes acaba por ser a única alternativa disponível. O inconveniente desta técnica é que na grande maioria dos casos se faz necessário remover os lacres originais da ECU, assim como o calafetamento (tipo de cola) usado pelo fabricante para evitar a entrada de água na placa eletrônica, o que implica na imediata perda de garantia do veículo pelo fabricante, sendo este o maior motivo de sua rejeição por parte dos proprietários. Em alguns casos chega a ser necessário ainda o emprego de procedimentos rudimentares, como cortar a caixa da ECU com serras do tipo “copo” para se ter acesso aos pontos de programação, já que alguns módulos a partir de 2012 não permitem serem abertos sem o comprometimento de sua delicada placa eletrônica.

 

Reprogramação via porta OBDII

 

A programação via tomada de diagnose (OBDII) é a técnica mais utilizada para os veículos mais atuais e tem como principal vantagem a não necessidade de se abrir a ECU como acontece na programação via Boot, diminuindo-se assim o risco de danos físicos à unidade.

 

Reprogramação ODBII Portátil (“dose única”)

 

Devido principalmente alto custo dos equipamentos necessários para reprogramação, algumas empresas de equipamentos de programação desenvolvem equipamentos portáteis de reprogramação via OBDII, onde o próprio usuário é capaz de operar e assim realizar a troca de arquivos, podendo ainda voltar o veículo para original por exemplo a qualquer momento, bastando para isso conectar o equipamento, selecionar o mapa desejado e dar um comando de gravação, o que leva em média 10 a 30 minutos para a gravação.

Estes equipamentos uma vez utilizados em um determinado veículo, não podem ser utilizados em outro veículo ainda que de mesmo ano e modelo, pois este grava o código VIN (nº do chassi) do veículo em que foi utilizado. Para tal, é necessário se realizar um Reset online com o provedor do fabricante, o que obviamente gera um custo, ficando em torno de 500 a 700 dólares dependendo do modelo requerido.

Esses métodos de reprogramação mudam de veículo para veículo, e alguns veículos não “aceitam” a reprogramação, por vários motivos, algumas centrais são travadas através do num ero de chassi, outras são bloqueadas de se fazer pela montadora, até que alguém consiga desbloqueá-la, no Onix turbo por exemplo.

 

Pontos positivos da reprogramação

 

Menor custo, tendo em vista que não nenhum hardware é adicionado ao conjunto, sendo apenas alterado os parâmetros do próprio software da central.
Possibilita a alteração de limites impostos pelo fabricante, como Maximo RPM do motor, assim como limite de velocidade máxima determinada pelo fabricante.

 

Pontos negativos da reprogramação

 

Risco de perda da garantia do veículo, devido ao fato de ser automaticamente detectada durante atualizações periódicas de software durante as revisões, podendo por este motivo ser utilizado como argumento para a negação da garantia do conjunto por parte do fabricante.

Remap de veículos

Remap em Campinas, nossa empresa tem mais de 15 anos de experiência situada em sede própria.

Você sabe como funciona remap?

Antes de começarmos a falar sobre o remap de centrais, é importante falarmos sobre o sistema de injeção dos carros. Todos os veículos lançados atualmente são equipados com injeção eletrônica com o objetivo de oferecer melhor rendimento do motor e diminuir a emissão de gases poluentes.

O sistema de injeção a combustão conta com três grupos básicos de componentes ,não iremos entrar a fundo no funcionamento de cada sensor que não é o objetivo desta explanação.

-Sensores: esses são responsáveis por verificar pressão, velocidade, temperatura e proporção dos reagentes na queima do combustível;

-Central de injeção(módulo): É responsável por controlar todas as informações dos veículos, gerenciando o funcionamento do motor a partir das informações enviadas pelos sensores .

-Atuadores: são os responsáveis pela alimentação e queima do combustível no motor ,alguns exemplos são injetores de combustível, bomba de combustível, bobina , motor de passo,ventoinha de arrefecimento.

Como funciona o Remap de centrais

O Remap é realizado na central de injeção do carro, podendo também em alguns veículos reprogramar também o módulo do cambio . Essas modificações tem como objetivo  aumentar o torque do veículo e sua potência. Esse serviço recebe vários nomes, como reprogramação de ECU, recalibração de ECU, remapeamento de ECU, remap, entre outros.

A reprogramação é feita a partir de uma interface  conectada ao sistema do veículo , dependendo do veículo é renessário ler a mesma na bancada dependendo do veículo em questão. O primeiro passo é acessar a central de registro de dados da injeção eletrônica do veículo (ECU) .

Depois de analisadas as condições do veículo é feito o reajuste neste software .

É importante informar que essas mudanças não se aplicam aos carros carburados. Ou seja, os modelos mais antigos não aceitam o uso do programador de centrais. O serviço é exclusivo para carros injetados.

Além do remap de centrais, existem também alguns outros equipamentos ou acessórios que proporcionam mudanças no veículo.

Temos também piggyback Tork One.

O Piggyback Tork One é um módulo externo de conexão Plug and Play, conectado em sensores do motor, trabalha com as informações enviadas para a injeção eletrônica aumentando assim a pressão do conjunto Turbocompressor.

O equipamento é destinado apenas aos carros Turbo de Fábrica, possuindo até seis mapas de desempenho com ganho crescente de potência e torque, selecionáveis tanto via Smartphone nas versões com Conexão Bluetooth ou diretamente na unidade de potência através de um botão físico sinalizando o mapa atual por um conjunto de LEDs. Os ganhos de potência e torque variam de veículo para veículo.

Pode aplicar como acessório também os filtros de ar esportivos , que permitem maior fluxo de ar para o motor.

Já para os carros turbo, o Down Pipe é um equipamento que fica no lugar do catalisador. Entretanto, é importante informar que seu uso pode alterar a emissão de gases do veículo, então vale tomar cuidado na hora de optar por ele para garantir que não estará causando prejuízos maiores ao meio ambiente.

A alteração de escapamento, que também é muito procurada em oficinas, não altera a performance do carro. Atuam somente sobre a estética do veículo e alteram o ronco do motor.

Por fim, o coletor de ar frio, também conhecido como Intake, é uma forma de aumentar a potência do veículo.

Dependendo da programação do sistema de injeção, o novo fluxo de ar causado pelo Intake pode confundir os sensores da admissão, atrapalhar o tempo de ignição e a injeção de combustível e admitir ar mais quente ao invés do mais frio. Por isso, é extremamente importante ficar atento à qualidade de instalação.

Nossa equipe está à disposição para atendê-lo e tirar qualquer dúvida sobre nossos softwares de programador de centrais.

Siga nossas redes sociais

Acompanhe nosso dia a dia, atualizações e promoções exclusivas que somente seguidores tem acesso. Aproveite também para conhecer nosso canal no Youtube onde postamos vídeos especiais.

Entre em Contato

Gostou de algum equipamento? Quer fazer uma parceria ou tem alguma dúvída? Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato:

Como chegar: